Recado do Economista | Temporada 1 – Ep. 1

Tempo de leitura: 3 minutos

Primeira temporada, primeiro episódio.

Começa hoje um projeto novo aqui no GuiaInvest em que eu vou ter o prazer de me aproximar dos nossos leitores falando sobre assuntos cotidianos de economia, política e finanças. Virei aqui semanalmente (todas às quartas) trazer alguma esperança de que o futuro será melhor do que o passado. E eu realmente tenho motivos para acreditar nisso.

Vou ser breve na minha apresentação: me chamo Martin, sou economista e em vias de concluir meu Mestrado, também em Economia, ambos pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Já trabalhei em um grande banco de investimentos, fui analista financeiro de uma conhecida rede brasileira de hotéis e se você for verificar já havia escrito alguns artigos no blog do GuiaInvest.

Aos que querem o peixe através de recomendações diretas, terei de ser bem franco: elas não ocorrerão (não tão cedo). Meus primeiros aliados nessa nova série serão aqueles que querem pensar utilizando a própria massa encefálica.

Os primeiros só querem dinheiro. Os segundos, poder.

Frank Underwood, o polêmico democrata estrelado por Kevin Spacey em House of Cards (assistam!), esclarece melhor do que ninguém essa diferença:

Veja que desperdício de talento. Ele escolheu o dinheiro em vez de poder, um erro que quase todo mundo comete.

Dinheiro é uma mansão no bairro errado, que começa a desmoronar após dez anos.

Poder é o velho edifício de pedra, que se mantém de pé por séculos.

Eu não consigo respeitar quem não sabe a diferença entre um e outro.

Isso tem tudo a ver com a nossa filosofia no GuiaInvest. Fazemos de tudo para que nossos leitores tenham o poder de pensar com autonomia, sem seguir a maioria. Ganhar dinheiro acaba sendo uma consequência disso.

Aos que buscaram apenas dinheiro, a vida já não está mais tão fácil. Não há mais aquela barbadinha de Selic à 14,25% ao ano. Semana passada o Banco Central já deu o recado e deve fazer mais um corte de 0,25 p.p. na reunião de maio.

Se a Selic chegar mesmo a 6,25% ao ano em Maio, vai ter muita mansão de bairro errado desmoronando, como já diria Underwood.

Pessoalmente, acredito que deva chegar a 6,0% até a metade do ano. Se fosse para  ser feita minha própria vontade, reduziria a Selic ainda mais.

As ações da bolsa vão agradecer e juntos teremos um 2018 melhor do que 2017 e pior do que 2019.

Para quem é preguiçoso mas ainda prefere o poder ao dinheiro, sugiro que conheçam o Método Bala de Prata®. Trata-se uma maneira assustadoramente simples de descobrir se uma ação é boa com apenas um clique.

Para os assinantes do GuiaInvest PRO, essa análise está disponível em Extras > Checklist Automático para Avaliação de Ações. Basta digitar o código da ação que você quer estudar e a ferramenta já faz uma análise automática.

É sem dúvidas a forma mais fácil, para não dizer preguiçosa, de você largar o banco e a renda fixa e começar devagarinho na bolsa.

Amanhã (29/03) sairá o Relatório Trimestral de Inflação e ali teremos algum norte do que o Banco Central poderá fazer com os juros esse ano.

Fiquem atentos que quarta que vem tem mais.

Um abraço!