A bola não entra por acaso | Recado do Economista

Tempo de leitura: 5 minutos

Nesse último domingo algo mexeu demais comigo.

Me chamou atenção a elegância com que o Grêmio despachou o time do Santos pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol.

Na euforia de uma grande vitória, surgiu uma grande sacada sobre o mercado de ações que eu não poderia deixar de compartilhar com você hoje…

Antes de qualquer coisa, peço licença ao leitor que não me conhece ainda. Além de amar economia e investimentos, nutro uma antiga paixão pelo tricolor gaúcho.

E aqui está meu raciocínio:

O Grêmio joga um grande futebol e a cada jogo encanta mais seus torcedores e os críticos de futebol Brasil afora.

O time não possui um craque, mas diversos jogadores muito bons. Dos 11 jogadores do time, uns 9 ou 10 são ótimos.

E um time com 9 ou 10 jogadores bons, só pode ser muito… bom. Os outros jogadores que não se destacam tanto acabam não comprometendo o bom desempenho dos demais.

Para quem olha o todo, o time do Grêmio é acima de qualquer suspeita.

Uma ação da Bolsa de Valores funciona de modo parecido.

Ela não é simplesmente uma ação. Ela é um pedaço de uma empresa real, que produz, emprega pessoas e vende o seu produto. Baseado nesse trabalho em equipe, as empresas apresentam seu resultados.

E são esses resultados, números, indicadores que vão dizer se estamos falando de um bom negócio.

Assim como um time de futebol que possui 11 jogadores escalados, aqui no GuiaInvest escalamos 11 indicadores para avaliar a qualidade de uma ação de uma empresa.

Nossa escalação é a seguinte:

  1. O valor de mercado da empresa é maior que R$ 500 milhões?
  2. A empresa possui algum nível de governança corporativa?
  3. A Liquidez Corrente (Ativo Circulante/Passivo Circulante) é maior do que 1,5x?
  4. O Retorno sobre Patrimônio Líquido (ROE) é maior que 20%?
  5. Possui crescimento dos lucros nos últimos 5 anos?
  6. Obteve lucro nos últimos 5 anos?
  7. Distribuiu dividendos nos últimos 5 anos?
  8. A relação Preço da Ação/Valor Patrimonial por Ação (P/VPA) é menor que 2x?
  9. A relação Preço da Ação/Lucro por Ação (P/L) é menor que 15x?
  10. A relação Dívida Bruta/Patrimônio Líquido é menor que 0,5x?
  11. O volume médio de negociação da ação é de mais de R$ 1 milhão por dia?

Utilizando esse checklist você pode fazer a avaliação de qualquer ação da Bolsa.

Felizmente, o GuiaInvest dispõe de uma ferramenta que faz essa análise automaticamente, bastando digitar o código da ação que você quer avaliar.

Se determinada ação atende a 9, 10 ou até mesmo os 11 critérios, é um sinal de que estamos falando de um bom negócio para você ser parceiro.

Como já diz um poeta futebolístico: a bola não entra por acaso. Uma empresa também não vai bem por acaso.

Vamos ver o exemplo da Magazine Luiza (MGLU3):

Aqui vemos uma empresa que atende a 5 de 11 critérios que julgamos importantes. Isso sugere cautela, na minha visão.

Não tenho nada contra MGLU3 e não estou dizendo para você fugir dela, mas esse checklist me ajuda a fazer um julgamento mais racional de um investimento e vem ajudando muitas pessoas, que até há pouco eram leigas, a fazerem investimentos inteligentes. E há uma boa notícia:

Dei uma olhada no checklist ontem e observei que temos mais de dez empresas atendendo a 9 ou 10 critérios dos citados acima. Aquelas empresas boas, bonitas e baratas. As grandes oportunidades.

Veja o que o Edson falou sobre a ferramenta:

“Utilizo diariamente para acompanhar meus papeis e para identificar oportunidades. Considero o Check List muito bom para ajudar na tomada de decisão”.

E o Moacir:

“Muita economia de tempo para encontrar as melhores ações para investir”.

A parte boa dessa ferramenta é que ela elimina as chances de você escolher alguma empresa duvidosa e com um passado nebuloso. O filtro aponta as empresas sólidas e negociadas a um preço barato.

Isso não só facilita a análise dos investidores um pouco mais experientes, como também ajuda os investidores iniciantes a começarem na bolsa com o pé direito, investindo em empresas sólidas, dando o máximo de segurança para você investir no mercado de ações.

Nesse link você pode liberar o acesso para fazer uma degustação de 7 dias da ferramenta.

É a sua chance de aproveitar as boas oportunidades da Bolsa de Valores ainda em 2018.

Os usuários do GuiaInvest PRO já possuem acesso ao Checklist e podem acessá-lo em GuiaInvest PRO > Extras > Check List Automático para Avaliação de Ações.

Um abraço e até semana que vem.

Ps.: mercados chacoalham pelo mundo com a tensão sobre a retirada do acordo nuclear entre Estados Unidos e Irã. Por aqui, bolsa vem caindo (oportunidades boas aparecendo!), dólar namora a casa dos R$ 3,60 e isso coloca uma pulga atrás da orelha do Banco Central para ver se teremos mais um corte na Selic, além dos 25 pontos que devem ser cortados na reunião de 16 de maio. Vamos ficar de olho.

Martin faz parte da equipe do GuiaInvest desde início de 2017. É Mestre e Bacharel em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Crédito da imagem: Lucas Uebel