O que fazer com o FGTS: como multiplicar este dinheiro!

Tempo de leitura: 6 minutos

 

Em meio a tantas notícias sobre a liberação das contas inativas, você deve estar se perguntando o que fazer com o FGTS.

Você está prestes a ganhar um dinheiro que não estava esperando, mas as chances dele desaparecer são grandes.

Sabe aquela velha frase: o que vem fácil vai fácil?

Pois é, fique atento ao que eu vou dizer em seguida, pode ser que tirem esse dinheiro de você.

Estamos passando por uma série de mudanças dentro do país. Vivemos um período de muitas incertezas econômicas o que reforça a necessidade de que se busque cada vez mais informação e planejamento de vida.

Um dos presidentes mais famosos dos EUA, John F. Kennedy, possui uma frase que eu gosto muito e que resume o momento econômico em que vivemos:  “a palavra CRISE escrita em chinês compõe-se de dois caracteres: um representa PERIGO o outro representa OPORTUNIDADE.

Uma boa notícia:

Mesmo com a crise, você está diante de uma oportunidade única!

O Governo Federal anunciou que liberará o saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) logo após o Carnaval.

Antes, só era possível sacar este valor em situações bem específicas, como na aquisição de um imóvel. O que impossibilitava que milhares de brasileiros tivessem acesso a este valor.

Porém, como medida de incentivo ao aumento do Produto Interno Bruto (PIB) agora todo trabalhador que possui uma conta no FGTS que ficou inativa até 31/12/2015 poderá sacar este dinheiro para fazer o que quiser.

Os pagamentos começarão a ser feitos a partir de 10 de março. Eles seguirão uma ordem de acordo com a data de nascimento dos titulares, sendo que os últimos pagamentos estão programados para julho.

O que fazer com o FGTS

Você pode consultar através do site da Caixa se você possui algum valor disponível para ser sacado.

Inclusive, as agências da Caixa de todo país farão horários especiais para atender aos cidadãos. Além disso, toda pessoa que tiver uma conta poupança da CEF terá o valor transferido automaticamente.

Bom, uma coisa é fato: não é todo dia que se recebe um dinheiro inesperado.

Mas atenção: você sabe o que vai fazer com este valor?

Eu sei que provavelmente você tenha dívidas ou então esteja com vontade de adquirir algum bem.

Mas, não esqueça de um outro assunto que está cada vez mais presente nos noticiários.

Aposentadoria!

Sabemos que há chances de uma série de medidas que tornarão mais complexo o processo da aposentadoria pública serem aprovadas.

Independente disso ser positivo ou não, o que importa é que isso reforça a necessidade de que você precisa planejar o seu futuro financeiro. Sabe por quê?

Infelizmente, não podemos ter controle sobre o que acontecerá na economia ou na política, mas se você estiver preparado, os fatores externos terão menos peso dentro da sua vida.

Então, pense comigo …

Muitas vezes o que impede você de investir o seu dinheiro é o fato de não possuir dinheiro sobrando no final do mês. Certo?

Só que agora, pela primeira vez em muito tempo você não terá esse problema.

Tá, mas o que fazer com o FGTS?

Você precisa libertar o FGTS que está enclausurado em uma conta que está fazendo você perder dinheiro..

Este fundo não rende nada, antes você não tinha opção, mas agora o controle está nas suas mãos.

Sabe para quem é lucrativo que você mantenha este dinheiro parado? Para o Governo que fica emprestando este valor a terceiros lucrando com os juros.

Você sabia que a poupança rende pouco, certo?

Então, o FGTS rende menos ainda!

Por isso que eu quero apresentar para você a modalidade de investimento mais apropriada neste momento: o Tesouro Direto.

Além de rentável, ele é extremamente seguro.

Veja uma simulação do rendimento de diferentes valores aplicados ao decorrer de 10 anos na no FGTS, na Poupança e no Tesouro Direto.

o que fazer com o FGTS

Agora eu vou explicar um pouco sobre ele …

Os títulos do Tesouro Nacional (Tesouro Direto) são uma das formas do Governo conseguir verba para financiar obras de infraestrutura. A lógica desta transação é muito simples, você empresta dinheiro para o Governo que depois de um determinado tempo, estabelecido no momento do empréstimo, devolve o valor com juros.

Ou seja, você multiplica as suas economias.

E sabe por que essa transação é muito segura?

O único jeito de você não receber o seu dinheiro é se o país entrar em colapso.

E, caso isso aconteça, os bancos já faliram muito antes. Ou seja, até mesmo a poupança, queridinha da maioria dos brasileiros, que você acredita ser segura, já teria deixado de pagar também.

Agora existe uma coisa muito importante que eu preciso que você saiba

Até 2002 o único jeito de investir no Tesouro era por intermédio dos fundos de Renda Fixa, produtos financeiros bem conhecidos dentro dos bancos.

Provavelmente você já tenha ouvido falar.

Mas, claro que os bancos cobram altas taxas de administração para intermediar essas transações. E o seu lucro cai por água abaixo …

Hoje, não é preciso mais de intermediários. Qualquer pessoa que deseja investir no Tesouro Direto pode fazer tudo pela internet.  

Cômodo e fácil!

Quer uma prova de que este investimento vale a pena?

As instituições financeiras são as maiores compradoras de títulos públicos.

E se os bancos investem nessa modalidade, acho que você irá concordar comigo que ela deve trazer bons resultados.

Um dos fatores que eu considero mais interessante no Tesouro Direto, além da praticidade, é a diversificação que ele oferece.

Deixa eu explicar melhor …

Existem várias modalidades que se encaixam dentro do seu objetivo. Longo, médio ou curto prazo. Você investe de acordo com o que você deseja.

Um investimento para aposentadoria, outro para a compra de um imóvel, mudança de carro, ou até mesmo a próxima viagem de férias.

Certo, então o que você me diz de sacar esse dinheiro do FGTS e fazer ele se multiplicar?

A forma mais eficaz para conseguir isso é estudando sobre o assunto. Não é a toa que quase ninguém sabe que o Tesouro Direto rende 65% a mais em comparação com o FGTS. Se todo mundo começar a investir independente das instituições financeiras, como os bancos terão lucro?

Quando você aprende sobre algo você se torna livre, pois não dependerá mais do conhecimento de terceiros.

Afinal de contas, quem seria a melhor pessoa para cuidar do seu dinheiro do que você mesmo?

Descubra como o FGTS pode salvar a sua aposentadoria por meio do Tesouro Direto. Conheça aqui um treinamento que ensina como!

  • Rodrigo Machado

    Muito Bom!