• Gostei do alerta sobre ser este o melhor momento para compra de ações. Tenho lido muitas recomendações nesse sentido. Não há como saber se chegamos ao fundo do poço. Prefiro continuar fazendo minhas pequenas compras, com cautela!

  • Marco Lepesqueur Botelho

    Gostei muito. O cara é sensato e deixou boa lição, especialmente pros novatos. Cautela foi o melhor registro que tirei da entrevista. You did a great job! Marco

  • Avanilton Santos Carneiro

    Excelente projeto e ótima entrevista. Saber sobre as pessoas por trás das empresas achei interessante, como ele bem disse empresas são formadas por pessoas e não só números e técnicas! Um dos nomes citados pelo entrevistado seria bom (Jorge Paulo Lemann etc).

  • carlos ventura

    Boa Tarde André

    Dessa vez vc se superou ! 😉 Excelente
    Difícil dizer, a principal lição, pois várias partes foram muito proveitosas,
    porém deixo registrado que é de grande valia essa visão prática (para nós os pequenos investidores) essa sugestão de setores da economia para olhar.
    Abraços

  • Excelente entrevista. Continuo sempre aprendendo muito contigo André. Parabéns!

  • Marcelo Ramos Silva

    Muito esclarecedora esta entrevista, principalmente em frisar que o value investing é complicado em economias como a nossa, mas ainda assim, é a melhor forma aqui. Outro ponto muito importante, é o contato com os CEO’s da empresas, assim ter uma certa influência ao acesso de informações privilegiadas sobre balanços, contratos, lucros futuros, etc… Por isso que os fundos de investimentos, na maioria das vezes, consegue alavancar lucratividade. Eles sabem quando vai subir e quando vai cair, muito antes de nós réles mortais…Alguém aqui duvida, que o Lemann, um dia antes de fechar um grande contrato, compre grande quantidade de ações de sua própria empresa e venda na data do anúncio, com excelentes lucros, rápido e fácil???É minha humilde opinião.

  • Palmas para a entrevista !!

  • Isaac Gabai

    Achei interessantíssima e muito sensata a posição do entrevistado. Mas me passou uma impressão que nosso mercado de ações, por ser ainda imaturo, é passível de manipulação pelos grandes investidores. E aí, como ficamos nós, peixes pequenos, que queremos defender nosso diminuto patrimônio? Se apelamos para Fundos de Investimento (e eu já fui um) pagamos altíssimas taxas de administração e vemos que cada Fundo tem seus papeis pereferenciais para investir, ao sabor de interesses dos grupos financeiros que os administram, em proveito próprio. O que acha disso?

  • Isaac Gabai

    Achei interessantíssima e muito sensata a posição do entrevistado. Mas me passou uma impressão que nosso mercado de ações, por ser ainda imaturo, é passível de manipulação pelos grandes investidores. E aí, como ficamos nós, peixes pequenos, que queremos defender nosso diminuto patrimônio? Se apelamos para Fundos de Investimento (e eu já fui um) pagamos altíssimas taxas de administração e vemos que cada Fundo tem seus papeis pereferenciais para investir, ao sabor de interesses dos grupos financeiros que os administram, em proveito próprio. O que acha disso?

  • Artur Mancini

    Sensacional a entrevista, ponderada, realista, enfim, perfeita. Parabéns ao Wagner e ao André, valeu!

  • Maicon Félix

    Excelente a entrevista, e a dica que a bolsa não esta barata, porque
    a crise não chegou ao fim. As empresas exportadores são a bola da vez
    com a desvalorização do Real.

  • Janete Barbosa

    “Agir com cautela…” Ótima entrevista, dicas sensatas, e algumas já tidas por você André nos seus artigos. Obrigada por compartilhar.

  • Rafael

    O fundo valuation da Quantitas em 3 anos não ganha do IBOV. Desde seu início ganha por 3%…vamos combinar que a “sabedoria” não está acompanhando a prática. E se formos falar em CDI…vish