Como ler um livro a cada duas semanas e 10 sugestões de leitura

Tempo de leitura: 12 minutos

Não existem atalhos para o sucesso e para a felicidade. Se você realmente deseja algo, seja o que for, precisa se dedicar muito. Isso significa, dentre outras coisas, abrir mão de pequenos prazeres em busca de uma causa e de um objetivo maior.

Por exemplo: cortar a batata frita, a cervejinha e a sobremesa para perder peso, criar uma rotina de prática de exercícios físicos para ter uma vida mais saudável, estudar enquanto os outros se divertem pensando no crescimento profissional, deixar de comprar o carro do ano para economizar para a aposentadoria e por aí vai.

No que diz respeito especificamente aos estudos, no caso dos investimentos, uma das melhores atividades que você pode incluir em sua lista de afazeres é ler livros.

E é por isso que depois de apresentar dez sugestões de leitura sobre finanças comportamentais, hoje volto para trazer mais dez livros que li e reli diversas vezes e que considero fundamentais no dia a dia de um investidor.

Antes das sugestões, porém, quero dar uma pequena dica sobre como você pode ler mais. Entendo que encarar o desafio de ler vinte livros seja um tanto aterrorizante. Mas, acredite, você pode zerar essa missão em menos de seis meses. Duvida? Acompanhe o raciocínio…

Se você não é habituado a ler, talvez ache que seja impossível ler um livro a cada duas semanas, mas – acredite – não é.

Você pode falar que não tempo tempo. Ok, é um argumento compreensível. Mas você sabia que Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, faz isso? Sim, ele é responsável por um dos maiores empreendimentos do planeta, tem um filho pequeno e, ainda assim, cumpre sua meta. Isso apenas para citar um exemplo de um leitor voraz. Uma rápida pesquisa no Google vai apresentar a você inúmeros outros.

Tudo se resume a uma questão de foco, metas e prioridades. Se você se dedicar a ler por duas horas por dia, terá lido seguramente ao menos 50 páginas.

Vamos relativizar duas horas? Isso equivale a assistir a uma partida de futebol, um filminho na Netflix, dois episódios de Game of Thrones ou (coloque aqui o seu vício).

Tudo é uma questão de prioridades. Quais são as suas?

Tome nota das sugestões de leitura e pequenas dicas sobre cada livro.

1 – O milionário mora ao lado

como-ler-um-livro-a-cada-duas-semanas-milionario-mora-ao-lado

“A riqueza é medida de acordo com aquilo que você poupa – e não com o quanto você ganha ou gasta.”  

A frase dos autores Thomas J. Sanley e William D. Danko ilustra perfeitamente um dos conceitos mais importantes que devem ser seguidos por você que deseja ser milionário.

Para chegar a essa conclusão e apontar os fatores que são realmente importantes para os milionários, os autores entrevistaram pessoas que já chegaram lá. A partir das entrevistas e com o apoio de diversas pesquisas, Sanley e Danko descobriram quais são os sete segredos que orientam as ações dessas pessoas para construir riqueza:

  1. Elas vivem muito abaixo de seus meios.
  2. Alocam seu tempo, sua energia e seu dinheiro eficientemente, com o objetivo de construir riqueza.
  3. Acreditam que a independência financeira é mais importante do que exibir um alto status social.
  4. Seus pais não lhes deram ajuda financeira.
  5. Seus filhos adultos são economicamente autossuficientes.
  6. Eles são muito competentes para identificar as oportunidades de mercado.
  7. Escolheram a ocupação certa.

Neste artigo eu apresento cada um dos tópicos acima em detalhes. Não deixe de ler o artigo e incluir o livro em sua lista de próximas leituras.

2 – Pai rico, pai pobre

como-ler-um-livro-a-cada-duas-semanas-pai-rico-pai-pobre

Nada menos do que um dos mais clássicos livros sobre educação financeira, Pai rico, pai pobre mostra como conhecer alguns conceitos básicos sobre finanças pode ajudar a gerar riqueza e liberdade financeira.

O ponto de partida da obra são os conselhos que o próprio autor, Robert T. Kiyosaki, recebeu de seu “pai rico” ao longo da vida. Já do “pai pobre”, vêm lições preciosas de como NÃO se comportar em relação ao dinheiro.

Uma leitura leve, mas repleta de lições que têm o poder de mudar a forma como nos relacionamos com o dinheiro. Dentre os diversos conselhos que o jovem Robert recebeu do pai rico destaco aqui este: A vida bate em todos nós. Alguns desistem. Outros lutam. Alguns aprendem a lição e seguem em frente. Eles recebem satisfeitos os trancos da vida. Para esses, isso quer dizer que precisam e querem aprender alguma coisa. Eles aprendem e prosseguem em frente. A maioria desiste e uns poucos, como você, lutam.”

3 – Independência financeira

como-ler-um-livro-a-cada-duas-semanas-independencia-financeira

Kiyosaki também é o autor do terceiro livro que gostaria de recomendar hoje: Independência financeira – O guia do pai rico, que, como você pode perceber pelo nome, é complementar ao best-seller citado anteriormente. Gosto muito do trecho em que o autor apresenta os cinco obstáculos que impedem a riqueza. São eles:

  • O medo.
  • O ceticismo.
  • A preguiça.
  • Os maus hábitos.
  • A arrogância.

Está curioso para saber mais sobre cada um dos obstáculos? Escrevi um artigo em que os exploro em detalhes. Acredito que você vai se animar a incluir o livro na sua lista de próximas leituras depois de ler o artigo.

4 – Investimentos: Como administrar melhor seu dinheiro

como-ler-um-livro-a-cada-duas-semanas-investimentos-como-administrar-melhor-seu-dinheiro

Usando diversos exemplos “da vida real” como ponto de partida, Mauro Halfeld revela, em seu excelente livro, os erros mais comuns no que diz respeito à maneira como as pessoas administram o dinheiro. O autor também mostra para onde está indo o seu dinheiro e indica o caminho que você precisa percorrer não apenas para conquistar a independência financeira, mas para garantir que seus recursos financeiros “trabalhem” por você. Ou seja, tudo que você sempre quis saber, não é mesmo?

Ah, e antes de você dizer “eu não cometo esses erros”, lembre-se: ter na sua família pessoas que os cometem pode ser prejudicial aos seus investimentos também. Portanto, abra sua mente na hora de refletir se eles estão ou não presentes na sua realidade.

Esse livro, aliás, foi uma das minhas fontes de inspiração para escrever este artigo Como quebrar o tabu do dinheiro em casa

5 – Livros da mais renomada especialista em economia comportamental do Brasil

como-ler-um-livro-a-cada-duas-semanas-decisoes-economicas

Recentemente, eu publiquei aqui uma entrevista com Vera Rita de Melo Ferreira, a mais respeitada psicóloga brasileira ligada às finanças comportamentais. Ela tem três livros que são um prato cheio para quem pretende aprofundar os estudos no ramo e dar passos largos na carreira de investidor.

O primeiro, que é bem introdutório, é uma leitura leve e se chama Decisões econômicas: você já parou para pensar? (Editora Évora). O segundo é um livro mais técnico, chamado Psicologia econômica (Editora Campus Elsevier). Nele, há uma seção sobre dinheiro e outra sobre tomada de decisão, que aborda questões ligadas aos investimentos.

O mais recente se chama A cabeça do investidor (Editora Évora). Nesta obra, Vera Rita aborda conceitos fundamentais através de uma linguagem leve e descontraída.

Ou seja, a sugestão de leitura número 5 é, na verdade, uma indicação 3 em 1. Por isso, a próxima indicação é a de número 8 na lista de recomendações.

8 – Ações comuns, lucros extraordinários

como-ler-um-livro-a-cada-duas-semanas-acoes-comuns-lucros-extraordinarios

Neste clássico do value investing, Philip Fisher recomenda que você analise os seguintes pontos a respeito de uma empresa em que pretende investir:

  • Qual é o potencial de crescimento das vendas da empresa no longo prazo?
  • Qual é o nível de competência, grau de inovação e visão dos gestores?
  • Como a empresa lida com pesquisa e desenvolvimento?
  • Ela tem sólidas margens de lucro?

As respostas para essas perguntas mostram o caminho para encontrar ações de empresas em crescimento para investir no longo prazo. Essas reflexões são preciosas porque o livro, publicado em 1958, foi a primeira obra sobre investimentos a entrar na lista de best-sellers do jornal The New York Times. Recomendo fortemente que o leia na íntegra. Você vai aprender muito!

Eu escrevi um artigo bem completo sobre o livro em que apresento, dentre outras coisas, o checklist de Phil Fisher para escolher ações.

9 – Margin of Safety

como-ler-um-livro-a-cada-duas-semanas-margin-of-safety

Se você investe em ações e nunca ouviu falar da margem de segurança, pare tudo o que está fazendo e dedique-se a entender melhor o conceitos que ajudou a construir as maiores fortunas do planeta no mercado de ações.

Em seu magnífico livro Margin of Safety, publicado em 1991, Seth Klarmann explora diversas ideias relacionadas à margem de segurança, conceito criado por Benjamin Graham e que é um dos pilares do value investing. Leia, aqui, um artigo  em que falo mais sobre o livro e sobre a margem.

Entender e incorporar a margem de segurança é crucial para você que deseja se tornar um value investor e investir com sucesso.  Absorva os ensinamentos e lembre-se deles toda vez que tiver que tomar uma decisão, combinado?

Saber o quanto de margem de segurança considerar é um dos grandes desafios. É algo bastante relativo,  pois varia de acordo com seu perfil e do quão bem você lida,  por exemplo, com a volatilidade, tolera erros e tem paciência, mas anote estas dicas “para a vida”:

  • Compre sempre ações com um desconto significativo.
  • Substitua ações que possui e acredita já “terem se pagado” por novas barganhas tão logo as encontre.
  • Venda a ação quando ela atingir seu valor real (isso está atrelado a não se apegar emocionalmente a um papel).
  • Preste atenção e analise os reais motivos para determinada ação estar sub-avaliada pelo mercado.
  • É crítico saber por que fez um investimento. Liste as razões para comprar ou vender uma ação e certifique-se de que elas fazem sentido antes de decidir.
  • Dê preferência a empresas que têm excelentes gestores (e de boa reputação) e solidez de caixa.
  • Diversifique seus investimentos à medida que sua carteira vá “ganhando corpo”.

10 –  O mercado de ações ao seu alcance

como-ler-um-livro-a-cada-duas-semanas-o-mercado-de-acoes-ao-seu-alcance

O principal legado do gestor de fundos Joel Greenblatt aos investidores foi a criação da “fórmula mágica”, estratégia de compra e venda de ações que sintetiza sua filosofia e que foi desenvolvida a partir dos ensinamentos de Benjamin Graham, o pai do value investing.

A fórmula mágica é explicada em detalhes no livro The little book that beats the market, que, em tradução livre, seria: O pequeno livro que bate o mercado, mas que foi traduzido no Brasil como O mercado de ações ao seu alcance. Greenblatt escreveu a obra com o objetivo de apresentar uma metodologia para investir em ações que fosse tão simples de entender que até seu filho de seis anos pudesse compreender.

Por isso, a leitura é leve e de fácil compreensão – mas, mesmo assim, extremamente relevante para você. Abaixo está um resumo de como funciona a fórmula, mas recomendo que leia este artigo – e o livro, claro – para compreendê-la melhor.

O primeiro passo é criar um ranking de boas empresas para se investir a partir do cálculo de dois índices:

  1. Retorno sobre Patrimônio Líquido (RPL), que é calculado a partir da divisão entre o Lucro Líquido e o Patrimônio Líquido declarado no balanço patrimonial.
  2. Índice Preço e Lucro (P/L), que é calculado dividindo o preço da ação pelo lucro líquido por ação.

O resultado da fórmula para investir em ações se dá quando você cruza os resultados desses dois índices. As melhores ações segundo a Fórmula, portanto, serão as que tiverem o menor P/L e o maior RPL.

Talvez você esteja se perguntando: se é tão simples assim, por que nem todos usam e ficam milionários? A explicação de Greenblatt é sempre ele: o aspecto emocional. Afinal, durante o horizonte de tempo que o value investing exige para ser efetivo, muitas baixas vão ocorrer, e, com elas, os fantasmas do nosso lado irracional e emocional tendem a aparecer. E é aí que muitos se perdem.

E aí, você já leu suas 50 páginas hoje?

Espero, de verdade, que aceite meu desafio de zerar a lista dos vinte livros que apresentei hoje e neste artigo. Reflita sobre suas prioridades e boa leitura. Depois me conte como foi, combinado?

  • Eduardo Remanaschi Cabrini

    Mais alguns para minha lista de estudos! Valeu, André! Abraço

  • Fabio Paulo da Silva

    Leituras são fundamentais, mas quando se tem uma orientação prévia facilita o trabalho e se ganha tempo. Principalmente quando temos atualmente uma imensa quantidade de livros e textos que precisam de “filtros” para aumentar a eficácia do aprendizado. Excelente artigo!

  • Jefferson Shoiti Arruda

    Um livro que recomendo e fez a diferença na minha vida é o livro “Os Segredos da Mente Milionária”, do T. Harv. É um livro muito bom que trata de mindset, de reconhecer e ajustar nosso modelo mental em relação ao dinheiro.