• Rodrigo Novello

    Muito bom,meu camarada!

  • Raphael Henriques

    Eu comecei a investir em ações por meio de fundamentos, mesmo usando uma parte pequena do capital para trades de curto prazo. Mas uma dúvida que eu ainda não consegui resolver foi sobre a hora de saída de uma empresa… o Guiainvest tem me ajudado muito a questão da entrada, que eu considero já resolvida. Mas a saída é que mata! Como lucrar a longo prazo? Somente com dividendos? Vendo a evolução dos resultados trimestrais? Mas e se os resultados começarem piorar e a empresa não ta com um preço aceitável pra vender? Sair mesmo assim só pra “pular do barco” ou esperar um pouco mais? Pensando no Buffet e na meia dúzia de empresas que ele nunca vendeu me batem várias dúvidas… Como lucrar de 15 ou 20% ao ano só com fundamentos? Pq pra ganhar menos de 15% a.a. eu fico na renda fixa…
    Enfim… muitas dúvidas… rs

    • Akiê Alessandra Zukeram

      Boa pergunta… Tbem curiosa para saber como fazer…

    • Carolina Luz Canella

      Teve resposta quanto à sua dúvida? Também tenho a mesma…

  • Valter Fritzen

    Olá André!
    Ótimo artigo!
    Respondendo sua pergunta, sim, tenho minha metodologia de compra, a qual segue parâmetros que você menciona em outras postagens. Minha dificuldade, no entanto, está na venda. Meu foco são dividendos. Quando a ação sobe e o valor está propício para a venda, acabo não vendendo pois normalmente coincide com a divulgação de bons resultados e bons dividendos. Quando o resultado é menos favorável, a ação baixa e fica o sentimento de ter perdido a oportunidade de realização de lucros…
    Preciso auxílio para estabelecer critérios de venda…
    Abraço,
    Valter

  • Leandro Rodrigues

    André, muito importante o seu artigo. Me diga uma coisa. Se eu investir hoje, aproximadamente 1.000,00, em cada uma de 5 ações (total de 5.000.00), em empresas sólidas (através da Análise Fundamentalista) reinvestindo sempre dá para fazer um patrimônio para aposentar, durante uns 20 anos?

    Estou estudando muito sobre esta Análise e vejo que é em longo prazo e por isso a dúvida, já que tenho pouco para investir.

    Obrigado e atenciosamente,
    Leandro.

  • Helem Almeida

    sim faço o q a maioria indica 70% em renda fixa e 30% em variável , nesta investido observando como foi o ano da empresa, margem de lucro e despesas, obrigada pelos seus artigos são bem esclarecedores.

  • Diogo

    Boa tarde André,
    Uma dúvida muito pertinente em relação a este artigo: nos conceitos de Value Investing, temos um ensimaneto muito importante a respeito de escolhermos as melhores ações e mantê-las para aproveitar seus dividendos. Porém aqui precisamos prever um prazo para venda. Como vou comprar algo prevendo quando vou vender? Não deveria pesquisar bem (como prevê o Value Investing) e monitorar o desempenho da ação. Essa “contradição” que eu gostaria de esclarecer.

    Obrigado desde já! Abraço!

    • Akiê Alessandra Zukeram

      Gostei da sua pergunta… Tbem quero saber a resposta… Será que vou receber notificação email? Tomara…

    • Gabriel

      Você vai analisar os valores dessa empresa para saber se é uma boa opção de compra. Depois você usa uma ferramenta técnica para saber se é um bom momento para a compra/venda, respectivamente. Ex: A FIBR3F é uma empresa com ótimos fundamentos, porém, se analisar o momento atual, não é momento de compra ainda.